Arquivos:

Educação » Rio Grande do Norte

RN: Retorno das aulas presenciais será discutido na quarta-feira 2

Aulas presenciais foram paralisadas no dia 18 de março por força de um decreto estadual. Foto: Reprodução

O Comitê Científico do Rio Grande do Norte, criado durante a pandemia do coronavírus, vai se reunir nesta quarta-feira 2 com o objetivo de discutir o retorno das aulas presenciais. A informação foi confirmada ao Agora RN pela assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do estado (Sesap). As escolas estão há quase seis meses com as atividades suspensas para evitar a disseminação da Covid-19.

As aulas presenciais foram paralisadas no dia 18 de março por força de um decreto estadual, que foi renovado nos últimos meses e deve continuar em vigor até o dia 14 de setembro, caso não seja prorrogado novamente. No dia 13 de agosto, a governadora Fátima Bezerra (PT) informou que os especialistas apontaram que as condições sanitárias ainda não eram favoráveis para o retorno às aulas.

O Comitê vai analisar, agora, se a melhoria no quadro da pandemia no estado é efetiva e suficiente para uma retomada segura. No mais recente parecer, o colegiado ressaltou que o retorno às salas de aula deve ocorrer apenas quando for verificado baixo risco de contágio entre os integrantes da comunidade escolar – pais, alunos, professores e demais trabalhadores.

De acordo com a secretaria, é observada uma queda sustentada dos números da pandemia entre os potiguares, refletida na assistência hospitalar. Dados extraídos do portal Regula RN mostram que o percentual de ocupação dos leitos críticos Covid-19 da rede pública alcançou 37,24% na tarde deste domingo 30 – a menor taxa desde abril. Há também 169 leitos críticos e 187 leitos clínicos disponíveis.

Segundo a Sesap, todas as regiões de saúde seguem apresentando queda na incidência de novos casos de infecção, assim como na taxa de mortalidade pela Covid-19.

“Estamos com a taxa de transmissibilidade considerada positiva, abaixo de 1”, indicou a coordenadora e Articuladora das Redes de Atenção à Saúde da Sesap, Samara Dantas. Até este fim de semana, o estado contabilizava 61.506 casos e 2.241 óbitos causados pela doença.

É esperado ainda para esta semana que o Comitê Setorial da Educação elabore os protocolos necessários para a retomada das aulas presenciais, conforme informou a Secretaria Estadual da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC). As regras serão para as áreas pedagógica, normativa e de biossegurança.

Sindicato das escolas particulares elaborou protocolo

O sindicato que representa as escolas particulares do Rio Grande do Norte entregou ao Comitê uma proposta de protocolo elaborado para a retomada em formato “híbrido”. Enviada na quinta-feira 27, a sugestão é de que cada família escolha entre mandar os alunos para aulas presenciais ou manter o ensino remoto. A entidade alega que as instituições estão preparadas para este tipo de ensino.

O plano feito pelo sindicato prevê que o retorno dos níveis de ensino seja gradual; ambientes arejados e com ventilação; limpeza constante e álcool em gel na entrada, corredores e salas; além disso, indica que os alunos só devem chegar na hora da aula, que eles não poderão compartilhar comidas ou objetos e que os bebedouros de água ficarão interditados.

Ceará autorizou retomada
Colega de partido de Fátima, o governador cearense Camilo Santana liberou atividades presenciais em creches e escolas particulares para aulas de pré-escola a partir de 1º de setembro. Ele destacou que a liberação das atividades se deu após aval do Comitê Científico do Ceará. Inicialmente, a capacidade será para 30% das crianças e as unidades devem dar aos pais a opção pelo ensino remoto.

O governador afirmou também que a autorização para escolas públicas e demais séries das escolas privadas será avaliada no decorrer da semana pela equipe científica.

Agora RN
Rio Grande do Norte

Governo Fátima autoriza, e presos do RN voltarão a receber visitas na próxima semana

Retomada das visitas nas unidades prisionais acontecerá em três fases – Foto: José Aldenir / Agora RN

O Governo do Rio Grande do Norte autorizou a retomada das visitas presenciais em unidades prisionais do Estado. A flexibilização acontecerá a partir de segunda-feira 31 e obedecerá a três fases, que estão estabelecidas em um cronograma publicado na edição desta quinta-feira 27 do Diário Oficial do Estado.

O retorno deverá respeitar uma série de regras. São elas:

  • Ficarão de fora da retomada os presídios localizados em cidades que têm mais de 80% dos leitos hospitalares ocupados com pacientes com Covid;
  • Também terão de esperar mais tempo os presos que estejam em penitenciárias com registro do novo coronavírus nos últimos 15 dias ou que tenham 20% dos servidores contaminados;
  • Cada preso só poderá receber a visita de um parente – que não poderá ser maior de 60 anos de idade ou ter comorbidades que o incluam no grupo de risco para a Covid;
  • Todos os visitantes terão de usar máscaras de proteção contra o novo coronavírus e terão de respeitar distanciamento social de pelo menos 1,5 metro. Os presídios deverão ser equipados com lavatório e dispositivos de álcool em gel para que todos façam a higienização das mãos.

As visitas presenciais nas 17 unidades prisionais potiguares estavam suspensas desde o dia 13 de março, como medida para prevenção do novo coronavírus. Cerca de 30 mil visitas foram afetadas. Com a suspensão, foram instituídas visitas por videoconferência.

Fases

Na primeira fase da retomada, poderão voltar a receber visitas os presídios que têm até 300 internos. Na segunda etapa, os presídios com 301 a 600 presos. Por fim, na última fase, poderão voltar a receber visitas as penitenciárias maiores, com mais de 600 custodiados.

Nas unidades com mais de 600 presos, as visitas reiniciam entre 23 de setembro e 9 de outubro.

Na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do Estado, as visitas serão retomadas na última fase da flexibilização, a partir de 6 de outubro.

Cronograma da Primeira Fase

Segunda-feira, 31 de agosto
Centro de Detenção Provisória de Parnamirim Feminino

Terça-feira, 1º de setembro
Complexo Penal João Chaves Masculino

Quarta-feira, 2 de setembro
Complexo Penal João Chaves Feminino

Quinta-feira, 3 de setembro
Unidade Psiquiátrica de Custódia e Tratamento – UPCT

Sexta-feira, 4 de setembro
Cadeia Pública Nominando Gomes da Silva

Terça-feira, 8 de setembro
Cadeia Pública de Caraúbas

Quarta-feira, 9 de setembro
Centro de Detenção Provisória de Apodi

Agora RN
Rio Grande do Norte

Parte de ‘pedra famosa’ despenca em praia do litoral Norte potiguar; VEJA VÍDEO

Por sorte, não havia ninguém próximo ao local do desmoronamento – Foto: Reprodução

Mais uma parte da famosa ‘Pedra do Chapéu’, que fica na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará, mais precisamente nas falésias entre as praias de Tibau/RN e Icapuí/CE, despencou. Por sorte, não havia ninguém próximo ao local do desmoronamento.

O vídeo acima foi publicado n’O Facho de Grossos. Segundo o blog, “a Prefeitura de Tibau deve interditar e proibir a visitação no local por tempo indeterminado, para que não ocorra nenhum acidente”.

Em abril de 2018, a Secretaria de Obras do município fixou placas alertando os visitantes sobre o risco de desmoronamentos sob as falésias.

Agora RN
Policial » Rio Grande do Norte

Polícia Civil investiga fraude na emissão de 1.500 carteiras de habilitação no RN; operação cumpre nove mandados

Imagem ilustrativa – Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, por meio do Departamento de Combate à Corrupção (DECCOR), deflagrou na manhã desta quinta-feira 27 a operação ‘Licentiam falsus’, com o objetivo de cumprir nove mandados de busca e apreensão relacionados à investigação sobre a emissão fraudulenta de aproximadamente 1.500 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).

Os detalhes sobre a investigação e a execução da operação serão repassados durante coletiva de imprensa com a presença da delegada-geral, Ana Cláudia Saraiva, a delegada Karla Viviane Rêgo, diretora da DECCOR, e Jonielson Pereira, diretor do DETRAN, que acontecerá ainda nesta quinta-feia na sala de coletivas, localizada no prédio da Central de Flagrantes, no bairro Cidade da Esperança, em Natal.

Agora RN
Rio Grande do Norte

Após três dias de intenso combate, bombeiros controlam incêndios no Seridó; tensão continua

Fogo começou no sábado 22, na Serra da Capelinha – Foto: Reprodução

Aparentemente, o fogo está controlado na Serra da Capelinha e na comunidade de Timbaúba, ambas na zona rural do município de Parelhas, na região Seridó potiguar. A informação é do Corpo de Bombeiros, após três dias de intenso combate ao incêndio florestal que destruiu boa parte da vegetação da região, que está bastante seca nesta época do ano.

O fogo começou no sábado 22, na Serra da Capelinha, e rapidamente chegou à comunidade de Timbaúba, próximo do açude Boqueirão. O vídeo acima mostra parte da destruição causada pelas chamas.

Até o momento, no entanto, ainda não se sabe a dimensão total da área atingida pelo fogo nem se houve danos à fauna. O Corpo de Bombeiros também não sabe apontar as causas do incêndio.

Em razão do forte calor na região, equipes de combate a incêndios do Corpo de Bombeiros e agentes da Defesa Civil de Parelhas seguem de prontidão na região para combater o retorno de eventuais focos.

Agora RN
Rio Grande do Norte

Casos de estupro no RN caem quase 30%; Pandemia pode ter causado redução

Crimes de violência sexual têm chocado o Brasil – Reprodução

Os casos de estupro caíram no Rio Grande do Norte. Segundo a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine) da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), de janeiro a julho deste ano foram contabilizados 88 casos de violência sexual contra mulheres. No ano passado, no mesmo período, foram 124. Em todo o ano de 2019, foram 222 registros.

A redução, no entanto, pode não ter qualquer relação com a conscientização masculina. Não é que os homens estão mudando de comportamento, que a alma tenha evoluído ou que as mulheres, enfim, estejam conquistando o  tão merecido respeito. Nada disso. A resposta, aparentemente, está na pandemia do novo coronavírus.

“Primeiro, é importante observar que estes dados da COINE são dados do estado todo. Então, fica difícil a gente, que se limita a fazer investigação de crimes sexuais da cidade de Natal, dar este diagnóstico do estado todo. Mas, acredito que uma hipótese da diminuição, já que não há estudo científico sobre isso, mas uma hipótese que a gente pode verificar é a questão da pandemia, porque as pessoas se isolaram mais, e a criminalidade diminui”, analisou a delegada Helena de Paula, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Zona Sul da capital potiguar.

Ainda de acordo com a delegada, apesar dessa aparente queda nos casos de estupro no estado, a situação ainda é preocupante. “O estupro não acontece apenas na rua, acontece inclusive dentro dos lares, em locais que as vítimas se deparam apenas com parentes e pessoas que coabitam com elas. Existe ainda esta preocupação nossa porque existe uma cultura do estupro muito forte, e é possível que muitas mulheres estejam nos seus lares sofrendo estes crimes sexuais e que, justamente por determinação de não saírem de casa, elas tenha essa limitação de não conseguirem procurar uma delegacia para denunciar”, ressaltou. “O estupro é uma cultura que ainda tá muito enraizada na sociedade”, acrescentou.

Natal é a cidade mais perigosa para as mulheres

O Agora RN teve acesso aos dados da Secretaria de Segurança por meio da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal. Além dos números absolutos de casos registrados, a Coine também revelou as regiões onde mais acontecem os crimes sexuais. Natal é a cidade mais perigosa para as mulheres. A capital potiguar contabilizou 48 casos nos primeiros sete meses de 2019. Este ano foram 28 crimes sexuais de  janeiro a julho – redução de 41,7%.

Em segundo lugar aparece Parnamirim, na Grande Natal, com 8 casos denunciados de janeiro a julho de 2019. Este ano, no mesmo período, pelo menos 10 casos já foram registrados em Parnamirim, o que significa um aumento de 25%.

Em terceiro está Mossoró, na região Oeste do estado. Lá, foram 6 casos de estupro registrados de janeiro a julho de 2019, contra 8 casos já registrados no mesmo período deste ano – aumento de 33,3%.

Números

Casos registrados pela Sesed

  • Estupros registrados de janeiro a julho de 2019 no RN: 124
  • Estupros registrados de janeiro a julho de 2020 no RN: 88
  • Redução: 29%

Cidades com mais casos de estupro registrados

  • Natal: 48 (jan a jul/2019) e 28 (jan a jul/2020) – redução de 41,7%
  • Parnamirim: 8 (jan a jul/2019) e 10 (jan a jul/2020) – aumento de 25%
  • Mossoró: 6 (jan a jul/2019) e 8 (jan a jul/2020) – aumento de 33,3%
Anderson Barbosa
Rio Grande do Norte

Petrobras vai colocar à venda todos os ativos no Rio Grande do Norte

Produção média do Polo Potiguar de janeiro a junho de 2020 foi de aproximadamente 23 mil barris de óleo por dia

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira 24 que vai vender a totalidade de participações em um conjunto de vinte e seis concessões de campos de produção terrestres e de águas rasas, localizadas na Bacia Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte.

A empresa iniciou a etapa de divulgação da oportunidades. Em publicação feita nesta segunda-feira a Petrobras divulgou informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras: https://investidorpetrobras.com.br/pt/resultados-e-comunicados/teasers.

As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado.

A presente divulgação está de acordo com as normas internas da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

Essa operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em águas profundas e ultra profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.

Sobre o Polo Potiguar 

O Polo Potiguar compreende três subpolos (Canto do Amaro, Alto do Rodrigues e Ubarana), totalizando 26 concessões de produção, 23 terrestres e 3 marítimas, localizadas no Rio Grande do Norte, além de incluir acesso à infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento de petróleo e gás natural. As concessões do subpolo Ubarana estão localizadas em águas rasas, entre 10 e 22 km da costa do município de Guamaré-RN. As demais concessões dos subpolos Canto do Amaro e Alto do Rodrigues são terrestres.

A produção média do Polo Potiguar de janeiro a junho de 2020 foi de aproximadamente 23 mil barris de óleo por dia (bpd) e 124 mil m³/dia de gás natural.

Além das concessões e suas instalações de produção, está incluída na transação a Refinaria Clara Camarão localizada em Guamaré/RN com capacidade instalada de refino de 39.600 bpd.

Petrobras
Rio Grande do Norte

Bombeiros salvam nove pessoas da mesma família de afogamento em praia do RN

Corpo de Bombeiros resgata nove pessoas da mesma família na praia de Búzios, no RN — Foto: Cedida

Os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte realizaram o salvamento de nove pessoas de uma mesma família que estavam se afogando em um local de correnteza na praia de Búzios, no município de Nísia Floresta, litoral Sul do estado. A ocorrência foi registrada na tarde de sábado (22).

“Algumas pessoas da mesma família estavam tomando banho em um local extremamente perigoso e se afogaram. Os outros familiares tentaram ajudar e também foram levados pela correnteza. Entramos na água e em 10 minutos realizamos o resgate com o apoio de cinco militares”, disse o comandante da guarnição de Búzios, sargento Jobson.

A ambulância e mais uma viatura da corporação foram acionadas e levaram duas vítimas para o hospital de Pirangi. As outras pessoas foram liberadas ainda no local.

G1 RN
Rio Grande do Norte

Usuários do Nota Potiguar vão poder trocar pontos por diárias em hotéis e passeios

Programa estimula cidadãos a pedirem nota fiscal nas compras – Foto: SET / Divulgação

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, vai lançar nesta segunda-feira 24, às 9h, o Programa Turismo Cidadão, uma parceria firmada entre a Emprotur e as secretarias de Tributação e de Turismo do RN.

A iniciativa vai disponibilizar aos usuários do programa de cidadania fiscal Nota Potiguar a troca de pontos acumulados por serviços turísticos oferecidos em empreendimentos que têm o selo Turismo + Protegido, como diárias em hotéis e passeios de buggy. Em uma segunda etapa, haverá a ampliação dos prêmios para outros serviços como de lazer e de alimentação.

“Esta ação apoia o segmento do turismo, um dos mais afetados pela pandemia. E também beneficia o cidadão potiguar que participa do Nota Potiguar com mais essa opção de premiação”, explica a governadora Fátima Bezerra.

A iniciativa faz parte das estratégias de interiorização do turismo. “Esse é um movimento pioneiro. Ao estimularmos o turismo do povo potiguar dentro do nosso Estado estamos gerando mais receita para o RN, com a segurança sanitária do selo Turismo + Protegido”, acrescentou a titular da pasta de Turismo, Aninha Costa.

O secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, destaca que “o programa Turismo Cidadão vai fortalecer o Nota Potiguar nos municípios do interior do Estado, contribuindo tanto para o aumento da arrecadação estadual, impactando positivamente para a economia do Rio Grande do Norte”.

Sobre o evento

A realização deste evento presencial foi permitida pelos bons indicadores de saúde recentes registrados no Estado. No entanto, só será permitida a quantidade máxima de 19 pessoas dentro do auditório, sendo os assentos ocupados por ordem de chegada no local. Um possível revezamento de participantes será adotado, caso haja um número superior ao indicado.

Será necessário evitar aglomeração, usar máscaras de proteção e manter o distanciamento mínimo de 1,5 m (um metro e meio), mesma distância fixada entre os assentos do auditório.

Agora RN
Rio Grande do Norte

RN confirma 189 novas infecções e se aproxima de 60 mil casos de Covid-19

O Rio Grande do Norte registrou 189 novas infecções e está cada vez mais próximo de bater a marca dos 60 mil casos do novo coronavírus. No total, são 59.582 confirmados.

De acordo com os dados parciais divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN (Sesap), já são 2.170 óbitos por Covid-19. Do total de mortes, 5 foram confirmadas nas últimas 24h.

A Sesap não divulgou, neste domingo 23, o número atualizado de pacientes recuperados, nem o atual índice de ocupação de leitos no Estado. Até este sábado 22, eram 37.034 pacientes recuperados e 288 internados, sendo 98 em leitos de tratamento intensivo.

Em todo o País, de acordo com relatório deste domingo 23 do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), foram confirmados nas últimas 24 horas 23.421 novos casos do novo coronavírus e 494 óbitos. Com isso, o Brasil agora tem 3.605.783 casos confirmados de Covid-19 e 114.744 mortes.

Na sexta-feira 21, durante uma entrevista coletiva, o diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou que a tendência da curva epidemiológica do Brasil é de “estabilização e queda”. Ele lembrou, no entanto, que o País vive um momento difícil e que é preciso agir com força para suprimir a transmissão.

Agora RN

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design: John Carlos
Programação: Caio Vidal
Suporte: Agi Comunicação
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!