Arquivos:

Policial » Rio Grande do Norte

Polícia Militar encerra curso de formação de mil soldados e anuncia convocação de nova turma em 2021

Coronel Alarico Azevedo, comandante-geral da Polícia Militar no Rio Grande do Norte — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Com déficit de aproximadamente 6 mil militares na segurança pública, a Polícia Militar do Rio Grande do Norte encerrou, na semana passada, o curso de formação de 1.024 novos soldados, convocados em 2019 pela corporação. De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, cerca de 400 candidatos que ficaram no cadastro reserva do concurso deverão ser convocados em janeiro de 2021.

Ainda de acordo com o comandante, os novos militares formados vão atuar na segurança das eleições e, até dezembro, serão distribuídos aos 31 batalhões do estado, entrando na escala comum de trabalho. O curso de formação teve duração de 11 meses.

“Terminaram as aulas e estão sendo fechadas as atas para que eles sejam promovidos a soldados. Na segunda-feira, dia 9, estarão sendo promovidos, com a autorização da governadora, e a partir disso já estarão prontos para trabalhar”, afirmou.

Se os todos os novos soldados fossem distribuídos igualmente entre todos os 167 municípios do estado, seriam seis militares a mais em cada cidade. No entanto, o comandante afirmou que há um planejamento e que eles serão distribuídos aos comandos regionais, que definirão onde os soldados irão atuar, conforme a necessidade.

“Eles irão trabalhar no pleito eleitoral e estamos trabalhando no planejamento para distribuição deles nos 31 batalhões espalhados no Rio Grande do Norte. A partir de dezembro, eles já estarão na escala normal de serviço”, reforçou o coronel Alarico. “Nós temos o objetivo de reforçar todas as áreas”, disse.

Mais 400 convocados

Por G1 RN
Rio Grande do Norte

Governo do RN convoca 127 novos professores aprovados em concurso

Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Rayane Mainara

A governadora Fátima Bezerra (PT) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (27) a convocação de 127 professores para a rede pública estadual de educação. Os novos convocados vão substituir outros candidatos que não se apresentaram ou pediram reclassificação na convocação do dia 07 de fevereiro de 2020. Os profissionais têm 30 dias para se apresentarem e dar início às suas atividades.

O governo do Estado afirma que o número de convocados atende parte das necessidades das Direcs (Diretorias Regionais de Educação e Cultura), e vem se somar aos 14 mil professores ativos. Veja lista de convocados.

Segundo o governo, esta é a terceira convocação anunciada. Em 2019 foi autorizada a contratação de 510 professores efetivos e, em fevereiro deste ano, foram convocados mais 600.

Os educadores convocados vão atuar em unidades de ensino espalhadas em todo o Rio Grande do Norte, em diferentes áreas de conhecimento, tais como pedagogia (anos iniciais e educação especial), ciências biológicas, educação física, física, geografia, história, língua (inglês, português e espanhol), matemática, ensino religioso, artes, filosofia, química e sociologia.

G1
Rio Grande do Norte

Serviço de manutenção deixa cidade do RN sem abastecimento de água nesta terça-feira (27), diz Caern

A cidade de Pendências, localizada a 196 quilômetros de Natal, terá uma suspensão no abastecimento de água nesta terça-feira (27), segundo comunicou a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

De acordo com a estatal, a paralisação começa a partir das 7h30, para serviço de manutenção nos filtros da estação de tratamento de água, e vai afetar todo o município.

“A previsão é que o trabalho seja concluído por volta das 18 horas do mesmo dia, com o sistema sendo religado imediatamente. A Caern alerta, no entanto, que para o abastecimento ficar completamente normalizado, será necessário aguardar um prazo de até 48 horas, a partir do início da operação”, disse a empresa.

A companhia recomendou que a população utilize a água armazenada nos seus reservatórios de forma racional, a fim de evitar maiores transtornos durante o período de suspensão do abastecimento.

G1 RN
Rio Grande do Norte

ALRN aprova projeto que proíbe nomeação de condenados na Lei Maria da Penha

Projeto de lei que proíbe nomeação de condenados na Maria da Penha, de autoria do deputado Sandro Pimentel (PSOL), foi aprovado nesta quarta-feira (21) por unanimidade na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O projeto (70/2019) prevê a proibição da nomeação, na administração pública direta ou indireta, de todos os poderes estaduais, de pessoas que tiverem sido condenadas na lei Maria da Penha. O PL estabelece que o veto às nomeações de cargos comissionados inicia-se com a decisão transitada em julgado, e estende-se até o comprovado cumprimento da pena.

“Os agressores das mulheres, os agressores das famílias, ficarão impedidos a partir de agora, seja no Executivo, Legislativo ou Judiciário, de ocupar função de caráter público, porque não é admissível que uma pessoa condenada pela Lei Maria da Penha ainda tenha que receber recursos públicos”, disse o deputado. O projeto é aprovado em um momento de aumento nos registros de casos de violência contra a mulher no RN. Dados do Observatório da Violência Letal e Intencional do Rio Grande do Norte (Obvio/RN) apontaram um crescimento de aproximadamente 260% nos crimes contra a mulher, entre março e agosto de 2020, primeiros meses de vigência das medidas de isolamento social.

Em números absolutos, os registros de violência doméstica no estado saltaram de 552 registros em 2019 para 1586 casos este ano. Já as tentativas de homicídio saíram de 22 para 57 no mesmo intervalo de tempo analisado. Entre 2014 e 2019, pelo menos 542 mulheres foram vítimas de feminicídio no estado. Desse número, 405 vítimas eram mulheres pardas e/ou negras, mais de 75% do total.

Blog do Ismael Medeiros
Rio Grande do Norte

Governo do Estado lança programa para retomar cirurgias eletivas no RN

O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (19) o Programa de Cirurgias Eletivas “Mais cirurgias, mais saúde”. A meta é investir R$ 6,1 milhões para realizar três mil cirurgias até dezembro. As cirurgias eletivas foram suspensas no último mês de março devido à necessidade de destinar leitos para pacientes que contraíram a Covid-19.

Ao anunciar o novo programa, na entrevista coletiva para atualização dos dados da pandemia esta manhã, o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, informou que a administração estadual está investindo recursos próprios para viabilizar as cirurgias em 12 hospitais da rede pública estadual, atendendo todas as regiões do Rio Grande do Norte.

“Estamos ampliando as cirurgias feitas com recursos do SUS e pela rede credenciada com oferta de procedimentos em todos os hospitais regionais. Vamos priorizar as que têm maior tempo de espera”, declarou o secretário.

Cipriano disse também que por orientação da governadora Fátima Bezerra a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) intensificou as ações para melhorar a assistência à saúde. “Estruturamos as unidades hospitalares com equipamentos e insumos, através do programa Governo Cidadão, com financiamento do Banco Mundial, e emendas parlamentares, e definimos equipes de pessoal para atender a demanda”. A estimativa da Sesap é de que 18 mil pessoas aguardam por cirurgias eletivas como as de hérnia, vesícula e histerectomias.

O “Mais cirurgias, mais saúde” terá prosseguimento nos próximos anos. “Atingiremos um novo patamar na assistência à saúde com redução do tempo de espera e de riscos às pessoas”, pontuou Cipriano Maia. Para o melhor atendimento à população é preciso que os municípios se somem ao esforço da gestão estadual fazendo o cadastro dos pacientes no site do Regula RN.

Jair Sampaio
Rio Grande do Norte

Governo do RN prorroga decreto de calamidade por causa da pandemia da Covid-19

Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Rayane Mainara

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, nesta terça-feira (20), um novo decreto que prorroga o Estado de Calamidade Pública no Rio Grande do Norte, por conta da pandemia do novo coronavírus, declarada em março pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O documento vale por 90 dias e pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Para prorrogar o estado de calamidade, iniciado em março deste ano, o governo informou que levou em conta a continuidade do estado de calamidade pública em saúde de importância internacional, declarada pela Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020.

Ainda acordo com o estado, a decisão também considerou a continuidade de confirmação de pessoas infectadas, a necessidade de ações emergenciais e as mais de 2,5 mil mortes decorrentes da pandemia no RN, conforme os boletins da Secretaria de Saúde.

O decreto entrou em vigor a partir da publicação. Ainda de acordo com o Executivo, o Gabinete Civil do Governo do Estado (GAC) vai emitir ofício solicitando reconhecimento federal de Calamidade Pública, a partir do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

G1 RN
Rio Grande do Norte

RN mantém reservas hídricas acima dos 50% em outubro; Currais Novos se mantém com 72,41%

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado na quarta-feira (14) pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), indica que as reservas hídricas superficiais totais do estado estão com 50,43% da capacidade total, o equivalente a 2.207.241.944 metros cúbicos.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, está com 1.403.960.387 metros cúbicos, equivalentes a 59,16% da sua capacidade total. O reservatório Santa Cruz do Apodi, segunda maior barragem do estado, acumula 191.439.790 metros cúbicos – 31,92% da sua capacidade total.

Umari, localizado em Upanema, está com 82,49% da sua capacidade. O Gargalheiras, localizado em Acari, acumula 11.716.970 metros cúbicos, correspondentes a 26,38%.

Os mananciais com volumes na faixa dos 80% das suas capacidades, além de Umari, são: Santana (Gangorra), em Rafael Fernandes; Riacho da Cruz II, em Riacho da Cruz, com 81,37%; Encanto, em Encanto, com 82,8% e Mendubim, em Assu, com 88,78%.

Os açudes com volumes na faixa de 70% são: Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes, com 79,72%; Rodeador, em Umarizal, com 74,53%; Morcego, em Campo Grande, com 75,75%; Santo Antônio de Caraúbas, em Caraúbas, com 71,04%; Beldroega, em Paraú, com 75,18%; Pataxó, em Ipanguaçu, com 74,61%; e Dourado, em Currais Novos, com 72,41%

Blog do Ismael Medeiros
Rio Grande do Norte

Equipe do RN conquista acesso inédito para a Superliga B de vôlei masculino

O Unimed/Aero, do Rio Grande do Norte, garantiu no último sábado o inédito acesso para a Superliga B de vôlei masculino, segunda divisão da maior competição nacional da modalidade. Jogando em casa, a equipe potiguar bateu o Vôlei Unip/Fortaleza (CE) por 3 sets a 0 (25/17, 25/18 e 27/25) na final da etapa Natal da Superliga C, realizada no ginásio do Sesi Clube.

O time de Natal terminou a competição invicto e sem perder sets. Foram quatro jogos e quatro vitórias.

-O objetivo inicial era a conquista dessa vaga. Nós montamos o time para isso e trabalhamos bastante para ter esse resultado. Conseguimos mudar o patamar do voleibol do nosso estado. O trabalho daqui para frente será ainda maior e temos que focar na Superliga B. Só tenho que agradecer a todos os envolvidos nesse projeto – afirmou o treinador do Unimed/Aero, Carlos Eduardo Pessoa, o Cadu.

O oposto Breno destacou toda a caminhada da equipe potiguar para a conquista do título.

-Não foi um resultado fácil e tivemos um mês de preparação para chegarmos bem nessa competição. Toda a comissão técnica está de parabéns. Todo time jogou bem e conseguimos nos classificar para a Superliga B, que era o nosso principal objetivo – declarou.

A etapa Natal da Superliga C, que contou com a presença de equipes do Nordeste, foi a primeira competição do vôlei de quadra do país com presença de público desde o início da pandemia. O ginásio do Sesi recebeu cerca de 30% de sua capacidade, e os torcedores tiveram que seguir um rígido protocolo de biossegurança.

Campanha do título:

  • Unimed/Aero (RN) 3 x 0 Nosso Clube/SRV (PE) (25/16, 25/17 e 25/21)
  • Unimed/Aero (RN) 3 x 0 Clube do Vôlei Multisports (PE) (25/15, 25/15 e 25/23)
  • Unimed/Aero (RN) 3 x 0 Sport Club do Recife (PE) (25/22, 25/16 e 25/17)
  • Unimed/Aero (RN) 3 x 0 Vôlei UNIP/Fortaleza (CE) (25/17, 25/18 e 27/25)
Jair Sampaio
Rio Grande do Norte » Saúde

RN tem 73.143 casos confirmados de Covid-19 e 2.423 mortes pela doença

O Rio Grande do Norte registra 73.143 casos confirmados e 2.423 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. Os dados estão na edição desta terça-feira (13) do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

O número de óbitos em investigação subiu novamente, dessa vez para 404.

Em comparação com o boletim de segunda-feira (12), foram três novas mortes e 72 casos a mais registrados.

Segundo o boletim da Sesap, o número de casos suspeitos atualmente é de 42.044 e o de descartados é de 157.511. O número de confirmados recuperados segue em 42.040 e o de inconclusivos, que agora são tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 52.793.

A pasta aponta ainda que atualmente 183 pessoas estão internadas por causa da Covid-19 no estado, sendo 148 na rede pública e 35 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 45,9% na rede pública e de 11,7% na rede privada.

Ainda de acordo com a Sesap, o RN realizou 198.035 testes para coronavírus, sendo 96.756 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 101.279 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 73.143 casos confirmados
  • 2.423 mortes
  • 42.040 confirmados recuperados
  • 42.044 casos suspeitos
  • 157.511 casos descartados
G1 RN
Rio Grande do Norte

Programa RN Chega Junto distribui cestas básicas e kits de higiene

A governadora Fátima Bezerra estará presente ao ato

Está programada para esta quarta-feira (14), a entrega de cestas básicas para entidades LGBTI+ e povos de terreiro, a partir das 9h, na Escola de Governo.

Na mesma ocasião, serão entregues kits de alimentos prontos e de higiene para representantes de entidades que trabalham com população em situação de rua. A governadora Fátima Bezerra estará presente ao ato.

A medida compõe uma das ações de assistência social do governo do RN durante a pandemia do novo coronavírus, por meio do programa RN Chega Junto. Neste início da segunda etapa das entregas, serão destinadas 1.491 cestas básicas para entidades cadastradas. Com relação à população de rua, a Sethas cadastrou 1.500 pessoas.

RN Chega Junto

O Programa RN Chega Junto é organizado pelo governo estadual e executado com recursos federais da Lei Complementar nº 173, que estabeleceu o Programa Federativo de Enfrentamento à covid-19 está sendo desenvolvido pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), que estará representada no evento pela titular Iris Oliveira.

Blog do Ismael Medeiros

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design: John Carlos
Programação: Caio Vidal
Suporte: Agi Comunicação
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!