Coronavírus

Covid-19: Brasil tem 142.058 mortes e 4,74 milhões de infectados

Foto: Reprodução

Após romper a triste barreira das 140 mil mortes por Covid-19, o Brasil segue ocupando uma das piores colocações do mundo em rankings negativos da doença. O país é o segundo com mais mortes e o terceiro em número de casos. Mesmo com queda nas médias móveis de registro, os ainda altos registros devem levar o Brasil a ultrapassar a Bolívia em mortalidade nos próximos dias. Nesta segunda-feira (28/9) foram acrescentadas mais 317 fatalidades e 13.155 infecções, totalizando 142.058 óbitos e 4.745.464 positivos para a doença desde o início da pandemia.

A taxa de mortalidade brasileira, de 3%, coloca o Brasil na quinta pior posição do mundo entre os países com mais de um milhão de habitantes. Mesmo com a queda da média móvel, a atualização de mortes na casa de 700 por dia indica que o país está cada vez mais perto de ultrapassar os números da Bolívia e da Espanha, países que ocupam o quarto e terceiro lugar do ranking negativo, respectivamente. De acordo com levantamento do site de estatística World o Meters, por milhão de habitantes, são 666 brasileiros que não resistiram ao vírus, enquanto na Bolívia o índice é de 671 e na Espanha de 672.

Por outro lado, o fechamento da semana epidemiológica 39 mostrou quedas em relação à semana anterior. Com 4.874 óbitos no acumulado dos sete dias, a média móvel semanal fechou em 696 mortes. Isso representa uma diminuição de 8,4% nas perdas em relação à semana anterior. Ao fazer o cálculo dos 14 dias fechados em comparação com as duas semanas anteriores, a queda foi de 5,1%. Ao se falar em infecções os números caíram 10,7% da semana 38 para a 39 e a média móvel ficou em 27.107 novos casos a cada atualização.

Estados

Com os elevados números de mortes, o país tem 23 das 27 unidades federativas somando mais de mil mortes cada. Somente quatro estados ficam de fora dessa lista: Tocantins, com 922 mortes, Amapá, com 702 óbitos, Acre, com 657, e Roraima, com 637. Do lado contrário, no topo da tabela, São Paulo e Rio de Janeiro são as únicas unidades federativas com mais de 10 mil mortes. O estado paulista lidera o ranking negativo de mortes provocadas pela covid-19, com 35.125 vidas perdidas pelo novo coronavírus; no Rio são 18.291 vítimas.

Em seguida estão: Ceará (8.921), Pernambuco (8.190), Minas Gerais (7.240), Pará (6.551), Bahia (6.648), Rio Grande do Sul (4.648), Goiás (4.529), Paraná (4.378), Amazonas (4.031), Maranhão (3.735), Espírito Santo (3.524), Mato Grosso (3.372), Distrito Federal (3.203), Paraíba (2.804), Santa Catarina (2.765), Rio Grande do Norte (2.377), Piauí (2.101), Alagoas (2.062), Sergipe (2.025), Rondônia (1.340) e Mato Grosso do Sul (1.278).

Jair Sampaio

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design: John Carlos
Programação: Caio Vidal
Suporte: Agi Comunicação
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!