Notícias

Cinemas de Natal deverão oferecer mensalmente sessões adaptadas a crianças e adolescentes autistas

A partir de agora os cinemas localizados em Natal terão que oferecer ao menos uma sessão mensal adaptada a crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias. A lei foi aprovada pela Câmara Municipal de Natal e sancionada pelo prefeito Álvaro Dias.

A sessão especial denominada ‘Sessão Azul’ deve ter iluminação reduzida e som mais baixo que o volume regular. Além disso, não será exibido trailer no início do filme.

A lei prevê que as pessoas com transtorno do espectro autista e seus familiares terão acesso irrestrito à sala de cinema, e poderão entrar e sair, durante a exibição, de acordo com a conveniência do autista.

Ainda de acordo com o texto da lei, as sessões deverão preferencialmente acontecer em dia útil e durante o horário da tarde e os cinemas deverão divulgar a ‘Sessão Azul’ da mesma maneira que divulgam as outras sessões, por meio de cartazes, painel luminoso, site e durante as sessões normais “como produto do cinema, para que o máximo de pessoas tomem conhecimento e a famílias de autistas possam ser informadas”.

Transtorno do Espectro Autista

O TEA é um transtorno de desenvolvimento da primeira infância em que ocorrem dificuldades na comunicação e interação social. Não há só um tipo de autismo, mas graduações dentro desse transtorno de desenvolvimento. Um espectro abrange diferentes gradações, intensidades.

Os transtornos do espectro autista podem afetar todo o organismo e, por isso, serem confundidos com outros problemas isolados. As crianças podem ter convulsões, distúrbios do sono, ansiedade, transtornos alimentares, TDAH, distúrbios de linguagem.

Jair Sampaio

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design: John Carlos
Programação: Caio Vidal
Suporte: Agi Comunicação
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!