Arquivos:

Notícias

Plástico nos oceanos pode chegar a 600 milhões de toneladas em 2040

Ilustrativa

Caso não sejam tomadas medidas urgentes e de impactos ambientais e financeiros, o volume de plástico existente no mercado dobrará, o volume anual do produto que entra no oceano subirá de 11 milhões de toneladas, em 2016, para 29 milhões de toneladas, em 2040, e a quantidade nos oceanos quadruplicará, atingindo, no mesmo período, mais de 600 milhões de toneladas.

A projeção foi feita pelo estudo Breaking the Plastic Wave (Quebrando a Onda dos Plásticos, em tradução livre), publicado este mês pela Pew Charitable Trusts e a Systemiq e feito em parceria pela Fundação Ellen MacArthur, Universidade de Oxford, Universidade de Leeds e Common Seas.

Os 29 milhões de toneladas de plástico que poderão entrar nos oceanos em 2040 representarão 100% de emissão de gases de efeito estufa, envolvendo um cenário sem mudanças na cultura ou no comportamento do consumidor. O custo líquido desse vazamento é estimado em US$ 940 bilhões por ano.

Em entrevista por e-mail à Agência Brasil, o líder da iniciativa Nova Economia do Plástico, criada em 2016 pela Fundação Ellen MacArthur, Sander Defruyt, explicou que o cenário descrito no estudo é uma projeção do que pode ocorrer caso o cenário permaneça como está. “Ele revela o quanto é poluente e desperdiçador o atual sistema e reforça a necessidade de uma mudança. A transição para uma economia circular do plástico poderia gerar economia anual estimada em US$ 200 bilhões, em comparação ao cenário atual, além dos benefícios ambientais e climáticos”.

Solução prévia

Para a idealizadora da fundação, Ellen MacArthur, a solução tem que ser encontrada muito antes que o plástico chegue aos oceanos. Ela reiterou que uma mudança em direção a uma economia circular, com a máxima redução do uso do plástico, da coleta e reciclagem, e a substituição do produto sempre que possível, permitiria que,até 2040 o volume que entra nos oceanos caísse para 5 milhões de toneladas por ano.

O custo líquido total para todo o sistema, que abrange desde a matéria-prima até a produção e o gerenciamento pós-uso, seria reduzido para US$ 740 bilhões. Considerando dados de 2016, que indicam um vazamento de 11 milhões de toneladas de plástico nos oceanos, a redução seria de 52%. A emissão de gases poluentes na atmosfera diminuiria para 75% ao ano.

A economia circular é um conceito econômico que faz parte do desenvolvimento sustentável. É uma nova forma de pensar o futuro e como nos relacionamos com o planeta, dissociando o crescimento econômico e o bem-estar humano do consumo crescente de novos recursos.

Agência Brasil
Notícias

Homem se passa por gerente do Potiguar de Mossoró e aplica golpes pela internet

Um homem tem se passado por gerente de futebol do Potiguar de Mossoró e aplicado golpes pela internet. De acordo com o clube, os alvos são jovens interessados em ingressar no ramo futebolístico.

Segundo o Potiguar, o homem teria enviado mensagens por meio do whatsapp para os jovens, solicitando conteúdo de vídeo e ofertando vagas para disputar o Campeonato Potiguar e o Brasileirão Série D, pela equipe.

Em contato com a assessoria do time, o Agora RN apurou que uma denúncia será feita nesta sexta (31) às autoridades. O clube emitiu uma nota com a explicação do caso.

NOTA DO POTIGUAR DE MOSSORÓ

“A Associação Cultural e Desportiva Potiguar vem informar, que um estelionatário por apelido de Doriva, vem se intitulando como gerente de futebol do Potiguar de Mossoró, através do aplicativo de mensagem ‘Whatsapp’, cadastrado com o número de celular (73) 9.9869-6738, para aplicar golpe em meninos que sonham em se tornar jogador profissional. ⁣

O criminoso entrou em contato com diversos jovens através do aplicativo, solicitando o material áudio visual dos atletas, ofertando vagas para disputar as competições da Copa do RN e Campeonato Brasileiro Série D 2020. ⁣

Além de NÃO APROVARMOS este procedimento, que se constituiu como crime de estelionato, salientamos a todos que não cobramos quaisquer valores em peneiras, avaliações, contratações ou transferência entre federações. ⁣

O Potiguar de Mossoró repudia o uso indevido do nome do clube e vai registrar Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia, para que sejam tomadas providências no sentido de identificar e prender o estelionatário.”

Agora RN
Francisco do PT

Deputado Francisco do PT convida população para “ato virtual” em defesa da permanência da PETROBRAS no RN

O deputado estadual Francisco do PT usou suas redes sociais, na tarde desta quinta-feira (30), para convidar a população potiguar para um “ato virtual” em defesa da permanência da PETROBRAS no RN. O evento que irá acontecer nesta sexta-feira (31), será 100% online e vai iniciar com um “twittaço”, a partir das 8h, convidando para o ato principal, que será às 15h, com a realização de uma “live”, nas redes sociais do SINDIPETRO-RN.

A transmissão será realizada com a participação de prefeitos, sindicatos e parlamentares envolvidos na causa. Além do deputado Francisco do PT, as deputadas Isolda Dantas e Nathália Bonavides, além do senador Jean Paul Prates, também devem participar.

Desde 2015 a companhia vem sofrendo com o desinvestimento na região Nordeste e corre o risco de ter seus campos desativados na região, o que implicaria em grandes consequências econômicas, incluindo desempregos.

“Aqui no Rio Grande do Norte a PETROBRAS gera cerca de 50 mil empregos diretos e indiretos, além de beneficiar 97 municípios do nosso Estado com recursos. Não podemos permitir que a companhia deixe o RN”, alertou o deputado Francisco do PT.

Currais Novos

CURRAIS NOVOS: Prefeitura conclui a pavimentação da Rua Oscar Alberto

As obras de pavimentação executadas pela Prefeitura de Currais Novos, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, estão em ritmo acelerado.

Na tarde desta quinta-feira (30), o Prefeito Odon Júnior entregou, ao lado de lideranças da comunidade e de forma simbólica por causa da pandemia do novo coronavírus, mais uma rua que tece sua pavimentação concluída na última semana: a Rua Rua Oscar Alberto, que dá acesso à escola Municipal Socorro Amaral, no Bairro Paizinho Maria.
Nessa rua, a Prefeitura investiu com recursos próprio, 34 mil reais, na pavimentação de 535m².

“Essa era uma reinvindicação antiga dos moradores do bairro. É um importante acesso para a Escola Socorro Amaral, que é utilizado por quase 500 alunos e suas famílias”, comentou o Prefeito Odon Júnior, que fez questão de destacar o esforço de sua equipe gestora, que tem se empenhado na produção, conclusão e destravamentos de vários projetos estruturantes de grande importância para o município.

Coronavírus » Currais Novos

Covid: Mais 19 casos são confirmados em Currais Novos

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, confirma na manhã desta sexta-feira (31), mais dezenove (19) novos casos de Covid19 no município de Currais Novos.

Os novos casos são:

O 487º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 488º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 489º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 490º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticada via RT-PCR;
O 491º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticada via RT-PCR;
O 492º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticada via RT-PCR;
O 493º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via RT-PCR;
O 494º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticado via RT-PCR;
O 495º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticada via RT-PCR;
O 496º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 497º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 498º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 61 e 70 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 499º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 500º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 501º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 71 e 80 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 502º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 503º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 71 e 80 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 504º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
E o 505º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticada via teste rápido.

Os casos suspeitos e confirmados continuam sendo monitorados pelas equipes da Vigilância em Saúde do município e se encontram em isolamento domiciliar.

A Vigilância em Saúde ressalta ainda que o descumprimento do isolamento poderá acarretar em punição civil, administrativa e penal dos agentes infratores.

Política

Lei do RN que interrompe cobrança de empréstimos consignados é suspensa

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, em foto de arquivo

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, deferiu medida cautelar em duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs 6484 e 6495) para suspender a eficácia de leis estaduais do Rio Grande no Norte (RN) e do Rio de Janeiro (RJ) que interromperam o pagamento de contratos de crédito consignado em decorrência da pandemia da Covid-19. Segundo o ministro, as normas, a pretexto de estabelecer medida de contrapartida social em razão do isolamento social experimentado pelos servidores públicos, adentraram em matéria de Direito Civil, de competência privativa da União. As decisões cautelares serão submetidas ao referendo do Plenário.

As duas ADIs foram ajuizadas pela Barroso, a Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif). Na ADI 6484, da relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, o objeto é a Lei estadual 10.733/2020 do Rio Grande do Norte, que suspendeu por até 180 dias a cobrança das consignações voluntárias contratadas pelos servidores públicos estaduais com instituições financeiras não cooperativas. Já a ADI 6495, da relatoria do ministro Ricardo Lewandowski, contesta a Lei estadual 8.842/2020 do Rio de Janeiro, que autorizou o Poder Executivo a suspender pelo prazo de 120 dias os descontos das mensalidades dos empréstimos celebrados e de empréstimos consignados.

Toffoli observou que tanto a lei do RN, ao determinar a transferência das parcelas em aberto para o final dos contratos sem a incidência de juros e multa, quanto a norma do RJ, quando pretendeu incrementar a circulação de renda em âmbito estadual para estimular o crescimento da economia fluminense, se projetam sobre campo de incidência temático reservado à União, o que implica rearranjo da política de crédito (artigo 22, inciso VII, da Constituição Federal).

O presidente do STF solicitou informações ao governador do Estado do Rio de Janeiro e à Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte. Após, determinou vista, sucessivamente, no prazo de três dias, ao advogado-geral da União e ao procurador-geral da República. As decisões tiveram como base o artigo 13, inciso VIII, do Regimento Interno do STF, que autoriza o presidente a decidir questões urgentes nos períodos de recesso ou de férias.

Histórico

O projeto de lei é de autoria do deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) e foi promulgado pela Assembleia Legislativa do RN. No entanto, a lei não foi sancionada pela governadora Fátima Bezerra.

O texto prometia a suspensão da cobrança de empréstimos contraídos por servidores públicos ativos, inativos e pensionistas por seis meses. A Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif) ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 14, ação de inconstitucionalidade contra a lei.

Agora RN
Notícias

Weintraub é confirmado como diretor no Banco Mundial

Ex-ministro da Educação e novo diretor do Banco Mundial, Abraham Weintraub

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi confirmado nesta quinta-feira (30) como diretor executivo do conselho do Banco Mundial, informou a própria instituição em comunicado à imprensa.

Weintraub foi indicado para o cargo pelo governo brasileiro horas depois de deixar o MEC, em junho, após uma gestão turbulenta e uma saída repentina do país rumo aos EUA.

Segundo o comunicado, Weintraub “deve assumir seu cargo na primeira semana de agosto e cumprirá o atual mandato que termina em 31 de outubro de 2020, quando a posição será novamente aberta para eleição.”

O banco diz também que “Diretores Executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas.”

Weintraub foi eleito pelo grupo de países (constituency) formado por Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago. O Banco Mundial não informou se o ex-ministro foi confirmado no cargo por unanimidade.

“Para preservar a integridade do voto, os registros de voto não são tornados públicos”, disse a instituição.

A ida de Weintraub ao Banco Mundial não foi bem recebida pela associação de funcionários, que chegaram a pedir a suspensão da indicação em carta ao Comitê de Ética da instituição até a conclusão dos processos sobre falas de cunho racista feitas pelo ministro contra a China. O órgão disse que não tinha poder para suspender a indicação.

A associação de funcionários manteve a oposição à indicação de Weintraub, afirmando que o código de conduta interno prevê recomendações sobre problemas de conduta mesmo em situações prévias ao futuro emprego.

No Brasil, o deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) tentou barrar a indicação de Weintraub na Justiça, sem sucesso.

Atritos e supostas ameaças

Weintraub anunciou em 18 de junho que sairia do MEC. Na ocasião, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), atribuiu sua saída à indicação para o cargo no Banco Mundial. Segundo Weintraub, com a indicação, ele e sua família poderiam ter “segurança”.

Em conversas reservadas com aliados e interlocutores, Weintraub reconhecia o temor de ser preso por causa das ofensas aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e até de sofrer agressões e ataques físicos, apurou dias antes o analista da CNN Igor Gadelha.

Na reunião ministerial do dia 22 de abril, cujo vídeo foi divulgado após ordem do STF, Weintraub sugeriu a prisão dos integrantes da Corte e os chamou de “vagabundos”.

Um dia antes de Weintraub anunciar a saída do MEC, o STF também já tinha maioria a favor de sua manutenção no chamado inquérito das fake news, que apura ofensas, ameaças e notícias falsas contra a Corte e seus integrantes.

No dia 19 de junho, Weintraub disse a Gadelha que precisava deixar o Brasil logo por causa de ameaças de morte que estaria sofrendo.

“A prioridade total é que eu saia do Brasil o quanto antes”, afirmou Weintraub na ocasião. “Agora é evitar que me prendam, cadeião e me matem.”

Weintraub chegou aos EUA no dia 20 de junho, dois dias depois de anunciar que estava deixando o MEC. Sua exoneração foi publicada no Diário Oficial da União no mesmo dia em que o ex-ministro chegou ao território americano. Ele teria entrado no país usando passaporte diplomático.

No dia 23 de junho, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retificou a exoneração, dizendo que ela teve efeito já no dia 19.

À CNN, no mesmo dia 23, Weintraub negou qualquer ilegalidade em sua entrada nos EUA.

“Não houve crime algum. Pode apostar. Nunca fiz bobagem. Não vou começar agora já velho”, afirmou o ex-titular do MEC ao analista Igor Gadelha.

CNN
Rio Grande do Norte

Turismo já acumula perda de R$ 122 bilhões no faturamento

Turistas aproveitam praia de Pipa, no litoral sul do Rio Grande do Norte, em foto de arquivo

As atividades turísticas registraram alta de 6,6% em maio ante abril, segundo dados do setor de serviços divulgados na sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas isso não impediu que, de março a junho, na esteira da pandemia de Covid-19, o turismo acumulasse uma perda de R$ 121,97 bilhões no faturamento, conforme estudo da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A alta de maio foi insuficiente para resgatar as atividades turísticas do fosso em que caíram com o pandemia. Conforme o IBGE, o avanço de 6,6% em maio se seguiu a um tombo de 68,1% em março e abril. Na comparação com maio de 2019, as atividades turísticas seguiram em forte queda, de 65,6%. O IBGE destacou o transporte aéreo, restaurantes, hotéis, transporte rodoviário coletivo de passageiros e serviços de bufê como os negócios mais atingidos pela pandemia.

Para chegar à estimativa de perdas de faturamento entre março e junho, a CNC usa dados do IBGE e de outras fontes para calcular o faturamento mensal do setor, comparando sempre com o faturamento médio mensal de antes da pandemia, ou seja, de janeiro e fevereiro deste ano. Os dados preliminares de junho apontam para um faturamento R$ 34,18 bilhões abaixo da média mensal do início do ano. Somados com as diferenças registradas em março, abril e maio, chega-se aos R$ 121,97 bilhões.

Agora RN
Policial » Rio Grande do Norte

Polícia prende ex-vereador condenado por estupro de vulnerável em Tangará

Crime teria acontecido em Bom Jesus

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, nesta quinta-feira (16), Ambrósio Lucas da Silva, 68 anos. A prisão aconteceu, no município de Tangará, em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, pela prática do crime de estupro de vulnerável. Ele foi condenado pela Justiça a uma pena de sete anos.

De acordo com investigações, Ambrósio Lucas, que é ex-vereador da cidade de São Bento do Trairí, teria abusado sexualmente uma adolescente de 13 anos, no ano de 2006, no município de Bom Jesus. Ele já havia sido preso anteriormente, no ano de 2008, durante a apuração do crime, quando sugiram denúncias de outros supostos crimes sexuais atribuídos a ele.

No entanto, após permanecer 64 dias preso, o acusado teria conseguido fugir. Ambrósio Lucas foi recapturado na manhã desta quinta-feira (16), conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando denúncias anônimas sobre crimes e foragidos da justiça pelos números 181 ou pelo 98114-4042 (Delegacia Municipal de Macaíba).

Agora RN

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design: John Carlos
Programação: Caio Vidal
Suporte: Agi Comunicação
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!